Dieta da Salada

A dieta da salada tem a vantagem de podermos consumir muitos legumes crus, garantindo assim que não há perda de vitaminas e fibras. É verdade que muitas pessoas não apreciam particularmente os legumes, no entanto tente jogar com a adição dos sabores das suas frutas favoritas para camuflar o seu desagrado com legumes.

Combine os ingredientes certos para a dieta da salada

Na dieta da salada deve garantir que a maior percentagem do seu prato é legumes, uma parte fruta e uma pequena parte proteína. Assim, tente misturar estes 3 tipos de alimentos das formas mais saborosas. Uma mistura de alface, cenoura ralada, abacaxi e peito de frango pode ser uma óptima opção para o almoço e uma mistura de rúcula, couve roxa com salmão e maçã em pedaços será um óptimo jantar. Em termos de tempero opte por limão e especiarias ou vinagre (de maçã ou balsâmico).

conheça a melhor dieta da salada

Evite temperar com sal e se gostar de temperar com azeite não abuse na quantidade. A adição de alguns frutos secos também pode ser benéfica, mas devido ao elevado índice calórico e gordura não deve usar grandes quantidades. Na hora de adicionar proteína pode optar por um ovo cozido, peito de frango, atum, tofu ou salmão. Algo que também combina bem com saladas são sementes de chia e quinoa, assim como o sésamo ou linhaça. Estas sementes irão adicionar vitaminas e proteína vegetal, mantendo o equilíbrio da refeição.

Deve comer apenas as saladas nas refeições principais, sendo que ao pequeno-almoço e lanches deve também manter uma alimentação saudável. Livre-se dos doces e gorduras. Ingira muita água ao longo do dia ou até mesmo chá, se preferir.

Conheça os melhores legumes

emagrecer com dieta da sala

Beterraba, alface, rúcula, pepino, tomate, agrião, cenoura, pimento, cogumelos, são alguns dos ingredientes que pode incluir nas suas saladas. O importante é que crie um prato com variedade e que vá fazendo novas combinações de ingredientes para não enjoar. Manter esta dieta por mais de duas ou três semanas pode ser uma tarefa complicada, mas se vir os resultados pretendidos após este período poderá interrompe-la. Mas lembre-se de continuar a seguir uma alimentação saudável, alterando aos poucos as proporções dos grupos alimentares no seu prato.

É importante que não faça uma alteração brusca, caso contrário os quilos perdidos irão voltar! Esta é uma dieta bastante eficaz e muito saudável, que não tem grandes efeitos colaterais nem perdas nutricionais.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*